Criolipólise antes e depois: O que é, Funciona, Resultados

criolipolise como funciona

A criolipólise antes e depois, é um tratamento estético que serve para eliminar gorduras localizadas. Continue a leitura e você irá saber tudo sobre esse tratamento que está tão em alta hoje em dia. Ele vai te auxiliar muito para aumentar sua autoestima e você sentir ainda mais bonita. Confira!

O que é criolipólise?

O Criolipólise é um procedimento que é muito utilizado para diminuir a gordura localizada, aquela gordura que é concentrada em determinada parte do corpo que é muito difícil de se livrar, mesmo com uma dieta balanceada e praticando exercícios. Ela é muito conhecida como o pneuzinho.

Para quem não sabe o significado da palavra criolipólise é três palavras juntas, essas palavras são bem antigas e científicas. As três são: KRIOS que tem origem grega e significa frio, LIPO o significado dela é gordura e LISE que significa quebra. Ou seja, a palavra Criolipólise quer dizer “quebrar a gordura através do frio”.

criolipólise antes e depois

Essa técnica não vai ter fazer emagrecer completamente, ela não é focada em pessoas muito acima do peso e sim um simples tratamento estético para diminuir as gorduras localizada

Esse procedimento só foi descoberta em 2008 e só se popularizou no Brasil em 2012. Ele só poder ser realizado por especialistas capacitados pois realizar esse procedimento envolve alguns riscos, principalmente se ele não for bem feito ou for realizado por uma pessoas que não entende nada sobre o assunto, podendo causar várias queimaduras em seu corpo.

Ele é realizado através de uma máquina que é semelhante a um aspirador, ele suga a gordura superficial através de baixas temperaturas. Essa baixa temperatura afeta imediatamente as células de gordura, isso acaba resultando na morte das mesmas, ou seja a eliminação delas.

tratamento criolipólise

Cada uma dessas sessões duram cerca de uma hora e por não ser um procedimento invasivo, o paciente pode voltar a realizar suas atividades no mesmo dia do procedimento. Essas sessões devem conter um pequeno intervalo que tenha pelo menos 3 meses para que dê tudo certo e não resulte em nenhum efeito colateral.

Criolipólise funciona mesmo?

A resposta é sim, a criolipólise antes e depois realmente ajuda a reduzir as gorduras localizadas. Porém, não é um tratamento feito para a perda de peso ou emagrecer, apenas para acabar com as gorduras localizadas, que geralmente estão no culote, abdômen e braços.

Como funciona criolipólise antes e depois?

Ela funciona através de baixas temperaturas utilizada para acabar com a gordura localizada através de aparelho colocado em cima da pele. Assim as células de gorduras serão congeladas com a baixa temperatura e automaticamente irão morrer.

criolipolise efeitos colaterais

A ponta do aparelho produz como se fosse um vácuo enorme, assim a sucção da pele será promovida justamente onde está a gordura que você quer eliminar.

Ao mesmo tempo esse aparelho suga uma pedaço da pele e provoca um grande resfriamento no local, acabando assim com as células de gordura.

As células de gordura que sobram serão destruídas pelo próprio organismo de forma natural. A gordura que ficava dentro das células é levada até o fígado, lá ela é metabolizada devagar, sem que os órgãos fiquem sobrecarregados.

Efeitos colaterais da criolipólise

Apesar de ser uma ótima forma de tratamento para eliminar as gorduras localizadas, a criolipólise antes e depois pode gerar alguns efeitos colaterais que podem incomodar alguns pacientes, porém isso vai variar de pessoa para pessoa.

criolipolise como funciona

Alguns desses efeitos colaterais são:

  • Dores;
  • Incômodo na região afetadas que pode ser acompanhada por inchaço durante alguns dias;
  • vermelhidão em determinada região;
  • Uma pequena inflamação devido a morte celular;
  • Alguns hematomas vermelhos e até roxos.

Por isso é muito recomendado que esse tratamento seja feito em lugar confiável, que contenha profissionais capacitados e qualificados.

E em, algumas situações, pode acontecer alguns efeitos colaterais mesmo com profissional capacitado, é muito importante verificar quais serão os equipamentos utilizado.

Certificação

Os aparelhos devem ser certificados pela Anvisa e se o procedimento não for realizado de forma correta e que aparelhos desqualificados os resultados podem ser ruins.

Então, toma muito cuidado ao escolher o local para realizar o tratamento.  Isto porque, quando não há procedência positiva do aparelho e do especialista, pode ser que alguns efeitos colaterais surjam. Atente-se aos seguintes sintomas!

Queimaduras

Como foi explicado anteriormente, esse procedimento é realizado através de um congelamento das células gordurosas.

E é essa baixa temperaturas que causa as queimaduras da pele que pode ser de segundo e terceiro graus caso o equipamento seja utilizado de maneira incorreta.

Essas queimaduras também podem acontecer caso a manta de proteção não fosse colocado de maneira correta ou não for colocada.

Essa é utilizada para proteger a pele do aparelho e deve usar obrigatoriamente para sugar toda a gordura localizada com segurança.

criolipolise depois

Flacidez

Apesar de diminuir a gordura localizada, este tratamento pode deixar a sua pele flácida e isso é um grande incômodo.

Porém, isso só vai acontecer se o profissional não souber utilizar o equipamento corretamente ou os prazos de pausas entre as sessões não forem respeitados. Por isso, é imprescindível que você pesquisa muito bem a procedência dos procedimentos e as habilidades comprovadas do especialista.

É necessário que tenha uma pausa de pelo menos 3 meses antes de iniciar outra sessão, procure escutar bem o que o seu médico vai recomendar para que não ocorra nenhum erro. Caso isso não aconteça, a pele pode ser repuxada e ficar flácida.

Cuidados e resultados da Criolipólise

Se você pretende fazer esse tratamento, não é necessário mudar sua rotina de exercícios ou a alimentação antes de realizar as sessões. Portanto, é muito importante evitar consumir bebidas alcoólicas e medicações com efeito anticoagulante como ácido acetilsalicílico.

Logo depois do tratamento, evite frequentar saunas, banhos muito quentes e piscina por até um dia. Também é muito pertinente poupar algumas atividades físicas e algumas bebidas alcoólicas por até dois dias.

Este tratamento não é muito indicado para mulheres que estão grávidas ou que estão amamentando, pessoas que contém alguns distúrbios com coagulação sanguínea ou doenças que fazem relação com o frio, como o lúpus eritematoso. Além do mais, quem sofre com dermatomiosite ou diabetes que não são controladas.

criolipolise gordura

Os resultados finais podem ser notados apenas depois de 2 ou 3 meses de tratamento. Em uma única sessão, pode ser possível perder até 25% das gorduras que estão localizadas na região tratada.

Para realizar uma nova sessão no mesmo local deve esperar cerca de 3 meses. É de grande importância ter em mente que a criolipólise não é um tratamento para emagrecer e sim combater o excesso de peso.

Dicas finais

O objetivo deste tratamento é eliminar toda a gordura que está localizada em determinada região do corpo, melhorando a autoestima e reduzindo as medidas.

Para emagrecer, é necessário fazer uma dieta balanceada e exercícios físicos que de preferência seja monitorada por um profissional capacitado. A prática física aliada à suplementos como termogênicos, por exemplo, pode trazer resultados mais rápidos para este procedimento.

Sempre que houver a possibilidade, alie exercícios físicos junto a uma dieta adequada. Livrar-se de alimentos e produtos industrializados, bem como as gorduras ruins, pode ajudar a efetivar todo o processo da criolipólise. Basta que você assegure os melhores hábitos para a sua qualidade de vida!

Se você gostou das dicas e informações, compartilhe conosco a sua opinião! Deixe aqui um comentário sobre o que achou do procedimento estético!

Bichectomia antes e depois: O que é, Riscos e Resultados!

bichectomia antes e depois 6

Veja tudo sobre bichectomia antes e depois! Se você se sente incomodado com as bochechas mais cheinhas e quer saber como pode mudar isso e se realmente vale a pena, continue lendo! Aqui você vai saber tudo sobre essa cirurgia plástica.

O objetivo da bichectomia é um afinamento no rosto. Pessoas com o rosto mais cheinho não notam tanta diferença, já pessoas com o rosto mais proeminente notam um afinamento maior.

É de grande importância lembrar que após alguns anos, o rosto inicia uma fase a qual começa perder uma quantidade de gordura maior, logo, pessoas que se submetem a essa cirurgia provavelmente vão precisar de preenchimento, isso para resgatar a aparência mais jovem. É claro que isso é totalmente pessoal e vai de pessoas para o pessoa, o importante é se sentir bem!

bichectomia antes e depois 4

O que é bichectomia?

A bichectomia é uma cirurgia plástica inteiramente estética, que seria reduzir a gordura que existe na parte de baixo do rosto.

É a retirada parcial ou completa da chamada “Bolas de Bichat”, que são duas bolas de gorduras encontrada em cada lado da face, que fica entre o maxilar e a mandíbula.

Essas duas bolsas sempre estarão presentes no corpo, independente do físico de cada pessoa.

De acordo com os especialistas em plástica, para realizar uma bichectomia, é preciso que se faça um corte de um centímetro, na região interna das bochechas, para a retirada da bola de Bichat, que é uma estrutura gordurosa presente entre dois músculos responsáveis pela mastigação.

A consequência disso é que  toda a face ganha uma afinada notável. É importante que o paciente certifique-se desse aspecto.

bichectomia antes e depois 5

Quais são os riscos da bichectomia?

Como foi dito anteriormente, a bichectomia é um processo cirúrgico, e é claro que tem seus riscos.

Para realizar esse procedimento, o especialista deve ser muito bem capacitado, pois a cirurgia é em uma região que está cheia de nervos, localizada entre os dois músculos de mastigação.

Próximo ao siso, um corte mal calculado pode resultar na perda temporária ou até mesmo permanente da sensibilidade nessa região do rosto, e isso vai depender da gravidade da lesão.

O tratamento realizado para paralisia nessa região é delicado e pode existir a possibilidade de deixar sequelas irreversíveis, como a boca torta.

Outras possíveis complicações são, infecção, sangramento e lesão do texto parotídeo, sendo o principal canal onde a saliva passa.

Aqui vamos apresentar alguns riscos que a bichectomia pode apresentar, então, procure um especialista capacitado para que ocorra tudo bem na cirurgia.

  • Infecções;
  • Sangramento;
  • Riscos durante a aplicação da anestesia;
  • Inchaço constante;
  • Ferimento em algum tubo salivar;
  • Dor prolongada;
  • Possibilidade de que ocorra uma cirurgia para reverter a situação;
  • O resultado pode não agradar o cliente;
  • Dormência em outras regiões que não seja a afetada;
  • Complicações pulmonares e cardíaca.

Lembre-se de que todo o procedimento cirúrgico deve ser realizado através de exames e profissionais especializados. Testes de anestesia e demais pertinências são muito importantes para o desenvolvimento dessa intervenção cirúrgica.

bichectomia antes e depois 1

Bichectomias que deram errado

A bichectomia faz com que o rosto fique até um terço mais fino do que era. A cirurgia deixa com que os contornos faciais se destaquem, os resultados podem ser visto geralmente uma semana depois.

Mas, como toda cirurgia estética, existe a possibilidade de dar errado ou não sair de acordo com o desejado.

Abaixo, separamos algumas imagens para lhe mostrar algumas bichectomias que não deram muito certo. Mas é importante que você leve em consideração os trâmites profissionais para certificar-se de que tudo dará certo no seu procedimento!

bichectomia antes e depois 3

Como funciona a cirurgia de bichectomia?

Para iniciar a cirurgia, a anestesia pode ser local e sedação ou geral, ela dura em torno de 30 minutos a uma hora, não vai deixar nenhuma marca aparente já que o corte é feito dentro da boca.

Após a anestesia, o cirurgião localiza onde estão as bolas de gordura, o normal seria a retirada parcial, mas existem casos raros, que é necessário ser retirada totalmente.

O desconforto que o paciente sente depois da cirurgia é mínimo e possivelmente ele não sentirá dor, tornando a recuperação mais rápida, fazendo com que ele possa retornar as atividades diárias e ao trabalho em poucos dias.

Quanto custa uma bichectomia?

O preço desse tratamento cirúrgico estético pode variar bastante, e também depende do profissional que irá realizá-lo, da região e a clínica. Entretanto, o custo é de aproximadamente R$5.000,00 e pode chegar a R$ 10.000,00.

Esse custo não está associado apenas a cirurgia em si, pode ser cobrado a instalação do paciente, exames médicos, anestesia e prescrição para medicamentos.

Vale lembrar, que essa é uma cirurgia irreversível, conheça bem o profissional que irá realizá-la. Apesar de ser um procedimento simples, você pode não ficar contente com o resultado!

Dicas e cuidados pós operatório

Se você está curioso em saber quais são as dicas e os cuidados pós operatório, continue lendo, afinal, você precisa saber como vai ser essa recuperação!

Como foi dito lá em cima, a principal coisa a se fazer é escolher um profissional capacitado, por se tratar de uma cirurgia estética, procure um cirurgião plástico mais voltado para a dermatologia.

bichectomia antes e depois 2

O previsto é que o paciente se recupere, no máximo, em duas semanas, incluindo dieta leve, repouso, sem ingerir alimentos quentes, pois o mesmo prejudica o processo da cicatrização, fazendo que demore mais tempo para cicatrizar e isso por causar problemas, como infecção.

O recomendado é deixar de praticar atividades físicas durante o processo de cicatrização e evitar ao máximo se expor ao sol, isso evita o sangramento local.

Durante os primeiros dias, após a cirurgia é normal sentir dor ao mastigar, mas o incômodo é muito pequeno. De qualquer forma, seu médico vai receitar os medicamentos necessários, geralmente para dor e anti-inflamatório.

Os pontos caem sozinhos, sem a necessidade de ir à clínica para retirá-los e depois de mais ou menos 4 a 6 meses, o inchaço desaparece completamente.

Se você gostou de saber um pouco mais sobre a bichectomia e tem o desejo de fazer, compartilhe conosco sua opinião! Deixe um comentário!