Bichectomia antes e depois: O que é, Riscos e Resultados!

bichectomia antes e depois 6

Veja tudo sobre bichectomia antes e depois! Se você se sente incomodado com as bochechas mais cheinhas e quer saber como pode mudar isso e se realmente vale a pena, continue lendo! Aqui você vai saber tudo sobre essa cirurgia plástica.

O objetivo da bichectomia é um afinamento no rosto. Pessoas com o rosto mais cheinho não notam tanta diferença, já pessoas com o rosto mais proeminente notam um afinamento maior.

É de grande importância lembrar que após alguns anos, o rosto inicia uma fase a qual começa perder uma quantidade de gordura maior, logo, pessoas que se submetem a essa cirurgia provavelmente vão precisar de preenchimento, isso para resgatar a aparência mais jovem. É claro que isso é totalmente pessoal e vai de pessoas para o pessoa, o importante é se sentir bem!

bichectomia antes e depois 4

O que é bichectomia?

A bichectomia é uma cirurgia plástica inteiramente estética, que seria reduzir a gordura que existe na parte de baixo do rosto.

É a retirada parcial ou completa da chamada “Bolas de Bichat”, que são duas bolas de gorduras encontrada em cada lado da face, que fica entre o maxilar e a mandíbula.

Essas duas bolsas sempre estarão presentes no corpo, independente do físico de cada pessoa.

De acordo com os especialistas em plástica, para realizar uma bichectomia, é preciso que se faça um corte de um centímetro, na região interna das bochechas, para a retirada da bola de Bichat, que é uma estrutura gordurosa presente entre dois músculos responsáveis pela mastigação.

A consequência disso é que  toda a face ganha uma afinada notável. É importante que o paciente certifique-se desse aspecto.

bichectomia antes e depois 5

Quais são os riscos da bichectomia?

Como foi dito anteriormente, a bichectomia é um processo cirúrgico, e é claro que tem seus riscos.

Para realizar esse procedimento, o especialista deve ser muito bem capacitado, pois a cirurgia é em uma região que está cheia de nervos, localizada entre os dois músculos de mastigação.

Próximo ao siso, um corte mal calculado pode resultar na perda temporária ou até mesmo permanente da sensibilidade nessa região do rosto, e isso vai depender da gravidade da lesão.

O tratamento realizado para paralisia nessa região é delicado e pode existir a possibilidade de deixar sequelas irreversíveis, como a boca torta.

Outras possíveis complicações são, infecção, sangramento e lesão do texto parotídeo, sendo o principal canal onde a saliva passa.

Aqui vamos apresentar alguns riscos que a bichectomia pode apresentar, então, procure um especialista capacitado para que ocorra tudo bem na cirurgia.

  • Infecções;
  • Sangramento;
  • Riscos durante a aplicação da anestesia;
  • Inchaço constante;
  • Ferimento em algum tubo salivar;
  • Dor prolongada;
  • Possibilidade de que ocorra uma cirurgia para reverter a situação;
  • O resultado pode não agradar o cliente;
  • Dormência em outras regiões que não seja a afetada;
  • Complicações pulmonares e cardíaca.

Lembre-se de que todo o procedimento cirúrgico deve ser realizado através de exames e profissionais especializados. Testes de anestesia e demais pertinências são muito importantes para o desenvolvimento dessa intervenção cirúrgica.

bichectomia antes e depois 1

Bichectomias que deram errado

A bichectomia faz com que o rosto fique até um terço mais fino do que era. A cirurgia deixa com que os contornos faciais se destaquem, os resultados podem ser visto geralmente uma semana depois.

Mas, como toda cirurgia estética, existe a possibilidade de dar errado ou não sair de acordo com o desejado.

Abaixo, separamos algumas imagens para lhe mostrar algumas bichectomias que não deram muito certo. Mas é importante que você leve em consideração os trâmites profissionais para certificar-se de que tudo dará certo no seu procedimento!

bichectomia antes e depois 3

Como funciona a cirurgia de bichectomia?

Para iniciar a cirurgia, a anestesia pode ser local e sedação ou geral, ela dura em torno de 30 minutos a uma hora, não vai deixar nenhuma marca aparente já que o corte é feito dentro da boca.

Após a anestesia, o cirurgião localiza onde estão as bolas de gordura, o normal seria a retirada parcial, mas existem casos raros, que é necessário ser retirada totalmente.

O desconforto que o paciente sente depois da cirurgia é mínimo e possivelmente ele não sentirá dor, tornando a recuperação mais rápida, fazendo com que ele possa retornar as atividades diárias e ao trabalho em poucos dias.

Quanto custa uma bichectomia?

O preço desse tratamento cirúrgico estético pode variar bastante, e também depende do profissional que irá realizá-lo, da região e a clínica. Entretanto, o custo é de aproximadamente R$5.000,00 e pode chegar a R$ 10.000,00.

Esse custo não está associado apenas a cirurgia em si, pode ser cobrado a instalação do paciente, exames médicos, anestesia e prescrição para medicamentos.

Vale lembrar, que essa é uma cirurgia irreversível, conheça bem o profissional que irá realizá-la. Apesar de ser um procedimento simples, você pode não ficar contente com o resultado!

Dicas e cuidados pós operatório

Se você está curioso em saber quais são as dicas e os cuidados pós operatório, continue lendo, afinal, você precisa saber como vai ser essa recuperação!

Como foi dito lá em cima, a principal coisa a se fazer é escolher um profissional capacitado, por se tratar de uma cirurgia estética, procure um cirurgião plástico mais voltado para a dermatologia.

bichectomia antes e depois 2

O previsto é que o paciente se recupere, no máximo, em duas semanas, incluindo dieta leve, repouso, sem ingerir alimentos quentes, pois o mesmo prejudica o processo da cicatrização, fazendo que demore mais tempo para cicatrizar e isso por causar problemas, como infecção.

O recomendado é deixar de praticar atividades físicas durante o processo de cicatrização e evitar ao máximo se expor ao sol, isso evita o sangramento local.

Durante os primeiros dias, após a cirurgia é normal sentir dor ao mastigar, mas o incômodo é muito pequeno. De qualquer forma, seu médico vai receitar os medicamentos necessários, geralmente para dor e anti-inflamatório.

Os pontos caem sozinhos, sem a necessidade de ir à clínica para retirá-los e depois de mais ou menos 4 a 6 meses, o inchaço desaparece completamente.

Se você gostou de saber um pouco mais sobre a bichectomia e tem o desejo de fazer, compartilhe conosco sua opinião! Deixe um comentário!